Por Causa do fechamento do Megaupload e contras excluídas o site foi fechado

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Anonymous chego!


Entenda o que está acontecendo:
Update 1: No início da noite, hackers do grupo Anonymous anunciaram, por meio do Twitter, uma retaliação aos responsáveis pela queda. Eles atacaram e derrubaram os sites da Universal Music (que acusa o Megaupload de pirataria) e do Departamento de Justiça dos Estados Unidos


Update 2: Sites da RIAA (Record Industry Association of America) e a MPAA (Motion Picture Association of America) também se foram.


Update 3: Agora é o US Copyright Office, que caiu.


Os Anonymous afirmam, via Twitter, que este já é o maior ataque deles, e parecem empolgados com a continuidade da ação. Já avisaram para o público pegar um pacote de pipoca e "varar" a noite com eles. Aguardemos.


Update 4 (22h00): "The Internet Strikes Back" é Trending Topic mundial. "Megaupload" também, com 1800 tweets por segundo (de acordo com o grupo).


Update 5 (22h22): Os Anonymous afirmam ter trazido o Megaupload de volta no ar, no endereço www.megavideo.bz. Parece que o site está sofrendo com excesso de conexões...


Update 6 (22h26): Warner Music Group down.
Tradução por Silksnak:
"A internet corre o risco de uma lei opressiva novo que permitirá que o governo federal dos Estados Unidos O desligamento, parada multa e processar qualquer website e é opeartor a mando de empresas que podem e têm a profiit da censura como arma. o objetivo do chamado "stop pirataria online act" (sopa) é capacitar empresas litigiosa dos EUA para a polícia internet com a capacidade de atuar como juiz, júri e carrasco. SOPA pisoteia os direitos civis, uso justo, liberdade de imprensa e liberdade de expressão. esta lei ainda prova a realidade de domínio das corporações e do totalitarismo.



A menos que todos os assertivamente impedir sopa de ser promulgada, não há chance de que esses poderes não será concedido. lembre-se, nós somos o povo, esta é a nossa voz, nenhum sistema
pode existir se não apoiamos




Nós somos anónimos.
Nós somos uma legião.
Nós não perdoamos.
Nós não nos esquecemos


Espere por nós"

0 comentários:

Postar um comentário